Floresta Amazônica - Rain Forest


Parintins Amazonas
Parintins
Manaus Amazonas
Manaus
Tefé Amazonas
Tefe

 


Manaus, capital do estado do Amazonas fundada em 1669 e situada às margens do Rio Negro, é o principal portão de entrada para o turismo na Floresta Amazônica.
A Praia de Ponta Negra (foto à direita) é outro dos locais mais animados para passar uma noite de diversão.
Manaus Ponta Negra

Fazer um trekking na mata, passear de canoa pelos igarapés, visitar uma aldeia indígena ou fazer um tour de barco para ver o encontro do Rio Negro com o Rio Solimões, é quase que obrigatório.

Em qualquer passeio são vistos pássaros tropicais, répteis e plantas exóticas, inclusive a Vitória Régia, a maior lili aquática do mundo.
Os chamados "Hotéis de Selva" possibilitam aos turistas lidar diretamente com a mata tropical e seus espécimes.
Os quitutes da culinária local, são o ponto alto depois de visitar tanta natureza.

Manaus, que obteve um segundo grande impulso com a criação da Zona Franca, também possui majestosos palácios e mansões do século 19, frutos da época em que a borracha enriqueceu a cidade.
A maioria dos palácios estão no centro da cidade, sendo a maioria sido construída em art nouveau.
Alguns abrigam atualmente espaços culturais.

O Teatro Amazonas, por exemplo, construído em 1986 em estilo neoclássico, é de belíssima arquitetura. É um dos cartões postais de Manaus.
Ali eram apresentados espetáculos, óperas e peças vindos da Europa, que eram assistidos pelos barões e pela elite da capital.
A decoração do teatro é luxuosa, com lustres e máscaras venezianas, escadarias em mármore italiano e ferro inglês, hall em mármore português.
É neste cenário luxuoso que acontece em maio o Festival Amazonas de Ópera.

A Culinária do Amazonas, que tem no peixe e nas frutas exóticas os principais ingredientes, pode ser saboreada nos inúmeros restaurantes de Manaus.
Nos componentes alguns dos destaques além do peixe, são o açaí, o tucupi (líquido estraido da mandioca) e o gengibre. Obviamente a influência dos Índios e dos portugueses nos pratos típicos é marcante.

Os pratos mais conhecidos são:

1) a Caldeirada com Pirão (ensopado de tucunaré, peixe saboroso favorito dos pescadores na pesca esportiva)

2) o Tacacá (tipo de sopa servida em cuia levando o tucupi, goma de tapioca cozida, jambu e camarão seco)

3) Maniçoba (de origem indígena do Pará, feito com folha de mandioca cozida por 4 dias, acrescida de carne-seca, toucinho, bucho, mocotó, orelha e costelas salgadas de porco)

4) Pato no Tucupi com farinha do uarini (assado e depois fervido no tucupi, temperado com alho, chicória e alfavaca, e coberto com jambu e tucupi).

Muitos outros pratos e lanches exóticos são encontrados na região, como por exemplo a Farofa no Casco de Tartaruga, o X-Caboclinho (sanduiche do fruto tucumã com queijo coalho, ovo e banana), e a Tapioca com Castanha (com recheio de banana-pacová ou tucumã).

O tira gosto mais popular de Manaus, servido em todos os bares para acompanhar uma bebidinha, é o Bolinho de Pirarucu, o "bacalhau da Amazônia".
O pirarucu, um peixe de 3 metros de comprimento, é também servido grelhado ou em moqueca.

Os doces são oriundos da culinária portuguesa, mas com influências indigenas no uso de raízes e tubérculos como a macaxeira (mandioca) batata-doce e cará, além das frutas nativas como o cupuaçú, taperebá , graviola, maracujá, araçá e camu-camu.
A Mousse de Coupuaçú é um dos doces favoritos nos restaurantes locais.

O famoso Guaraná do Amazonas, na realidade um pó extraido da fruta, é o energético mais poderoso e natural existente.
Em muitos lugares de Manaus é servido com mel e limão.

O Açaí do Amazonas ganhou fama internacional, sendo consumido no restante do Brasil com Xarope de Guaraná, como se fosse um creme.
Mas os amazonenses que possuem a fruta, o consomem como uma sopa fria que leva farinha de mandioca.
Ou então é preparado como pirão, acompanhando os peixes nas refeições.


Além de bons restaurantes, Manaus possui muitos bares com música ao vivo de todo tipo, inclusive de música local.
Um dos points é a Praça do Caranguejo, com muitos bares e agitação.

A Praia de Ponta Negra também é outro point de diversão. Ali, na orla do Rio Negro, há um calçadão com bares, restaurantes, praças de esportes, anfiteatro e praia fluvial de água doce que fica lotada noite e dia (foto do fundo da página e acima).
O bar e restaurante O Laranjinha oferece apresentações de música regional, shows de garotas vestidas de índias, e shows de boi-bumbá.

Por falar em Boi-Bumbá, a festa do Boi Manaus acontece em outubro. São 3 noites de festas em comemoração ao aniversário de Manaus, com apresentação dos Bois Caprichoso e Garantido de Parintins, com presença de 400.000 pessoas nos 3 dias.

Boi Manaus

Ao longo da Avenida do Turismo há várias casas de forró, bolero e reggae.
O Bar do Armando junto ao Teatro Amazonas, serve o famoso sanduíche de pernil regado ao limão, com queijo bola, além de salada de lascas de bacalhau com orégano.
Já a Praia do Tupé tem seu acesso por barco. Ao contrário da Praia Ponta Negra, é procurada mais no final de semana.

Um passeio para os amantes do ecoturismo, é visitar de barco a Estação Ecológica de Anavilhanas, no arquipélago do mesmo nome, numa viagem de 3 horas de barco.
O Arquipélago de Anavilhanas, que é um Parque Nacional, é um dos maiores arquipélagos fluviais do mundo, sendo formado por cerca de 400 ilhotas no Rio Negro.
Empresas de turismo oferecem o passeio que inclui almoço, passeio pelo Rio Negro e banho de cachoeira na floresta.

O Bosque da Ciência é outro local de turismo ecológico. O parque florestal possui trilhas e tanques aonde pode-se ver ariranhas, ou filhotes de peixe boi sendo alimentados pelas mãos dos tratadores.

Já no Zoológico do CIGS mantido pelo exército, macacos fazem a alegria de todos, enquanto jacarés, onças, cobras e aves podem ser vistos do alto de uma passarela.

Na área cultural, além do Teatro amazonas, Manaus oferece inúmeras atrações e construções:

-o Mercado Municipal Adolpho Lisboa às margens do Rio Negro, inaugarado em 1883, de estilo art nouveau repleto de vitrais. é um centro de comercialização de produtos regionais da capital como frutas típicas, guaraná em pó, doces e castanhas, além de ervas e plantas;

-o Palacete Provincial de 1874 (antiga sede da polícia militar, hoje é um centro cultural com pinacoteca e museus importantes. Na praça em frente, há uma fonte luminosa e barraquinhas de tacacá);

-Palácio da Justiça de 1900 (sala de cinema e exposições);

-Palácio Rio Negro de 1903 (obras de pintores locais, réplicas de oca indígena e casa de ribeirinho, e Museu de Numismática com 17 mil cédulas e moedas do mundo inteiro);

-Museu do Indio (possui cerca de 3.000 peças de tribos da Amazônia, como armas, adornos e instrumentos musicais).

E por falar em índios, o artesanato indígena é o principal ítem do comércio de Manaus. Ninguém sai sem um souvenir ou peça de decoração feito de palha de tucumã, de tucum, tela de juta ou cipó titica.
A Central de Artesanato Branco e Silva possui 27 lojas do gênero.

A loja Ecoshop, ao lado do Teatro Amazonas, vende souvenires e artesanato indígena autêntico.
Destaque para bolsas, cestas, camisetas, bijuterias e objetos decorativos.
A loja abriga café e serve sucos e sorvetes de frutas regionais, bem como balas recheadas com castanha-do-pará ou cupuaçú.

Para quem busca o modernismo nas compras ou ir a um cinema e ver vitrines, os maiores shoppings de Manaus são: o Amazonas Shopping, o Manaura, o Shopping Uai, o Millenium e o Manaus Plaza Shopping.


As principais festas da cidade são:

-o Carnaval em fevereiro (realizado no Sambódromo);

-a Virada Cultural de Manaus (shows com cantores e bandas da Amazônia e de todo o Brasil);

-Festival Folclórico do Amazonas em junho (no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, na Bola da Suframa);

- Procissão Fluvial de São Pedro (embarcações decoradas com motivos e alegorias, seguem ao longo da baía do rio Negro);

-Temporada de Pesca Esportiva de setembro a dezembro (com torneios, filmes, roda de samba e camping à beira do lago);

-Feira Agropecuária do Amazonas (acontece no Parque de Exposições Eurípedes Lins, com rodeios, vaquejadas, parque de diversão, shows sertanejos);

-Reveillon de Manaus (realizado no anfiteatro da praia da Ponta Negra, durante o qual dezenas de milhares de pessoas levam oferendas a Iemanjá).

Completando os grandes eventos de Manaus, a cidade foi escolhida como uma das sedes dos jogos da Copa do Mundo de 2014, que foram disputados no moderno estádio Vivaldo Lima, a Arena da Amazônia.

Manaus


Live Radio from Brazil: Live Brazilian Radio - Radios do Brasil online
Radio from Amazon and Manaos: Amazon and Manaus Radio - Radios do Amazonas
Videos of Manaus - Videos de Manaus: Manaus
Videos of Parintins - Videos de Parintins: Parintins
Amazon State Governement - Governo do Amazonas
Para State Government - Governo do Para - Governo do Pará
Manaos City Hall - Prefeitura de Manaus: Prefeitura de Manaus
Brazilian Futebol Radio - Futebol: Radios de Futebol
Radio from Manaos: Radio A Crítica FM
Radio 2 from Manaos: Radio Difusora FM
Radio 3 from Manaos: Amazonas FM
Radio from Tefe: Radio Alternativa FM de Tefe
Radio from Parintins: Radio Alvorada Fm de Parintins
Radio from Parintins: Radio Clube de Parintins
Brazilian Musical Arranger - Arranjador de Música Brasileira: Arranjador
Brazilian Musical Chart - Parada de Sucessos Brasil: Brazilian Musical Chart