Rio Branco Acre Rio Branco, Acre    
agencia.acre.gov.br
radios do Brasil ao vivo


 


rio branco Acre
Rio Branco, capital do estado do Acre, surgiu em 1882 a partir de um seringal. A cidade fica na tríplice fronteira entre Brasil, Peru e Bolívia. Esta localização fez de Rio Branco verdadeira mistura de costumes, folclore, raças, crenças e cultura. No artesanato e na culinária a mistura também se faz presente. As chuvas e o calor são constantes na cidade.
A população da cidade é composta, além dos acreanos, de um imenso número de nordestinos, paulistas, paranenses, mineiros e gaúchos.
O Parque Ambiental Chico Mendes é repleto de painéis sobre o seringueiro. Metade do parque é coberto por floresta habitada por várias espécies animais, pássaros e vegetais diversos. O resto do parque abriga mirante, zoológico com animais silvestres como macacos e onça pintada, ciclovia, trilhas, estátuas em madeira, réplica de casa do seringueiro.
O Parque da Maternidade abriga a Casa dos Povos da Floresta, simulando uma verdadeira maloca indígena por fora, e uma casa de ribeirinho por dentro.
O Museu da Borracha é o local ideal para quem quer conhecer a história da região. Ali podem ser vistos objetos dos índios, fósseis, réplica de casa dos seringueiros, painéis culturais, históricos e religiosos.
A culinária do Acre é farta em Rio Branco, com destaque para o Pirarucu à Casaca (postas e farinha d'água), costela de tambaqui, quibes de arroz e de macaxeira, oriundos da comunidade árabe com inovações locais, e a Saltenha - prato típico da Bolívia que é uma espécie de pastel frito recheado com frango, batata, alho e cebola.
As sobremesas não deixam por menos: sorvetes de frutas da região dentre elas cupuaçu, açaí, graviola, jaca, buriti, beribá e cajá.
O estado do Acre apresenta atrativos para o Ecoturismo, como rios e as belezas naturais da Amazônia. O Acre possui o 4º maior Parque Nacional do Brasil, o Parque Nacional Serra do Divisor. Possui ainda as áreas de proteção ambiental do Lago do Amapá, a Irineu Serra, e a São Francisco, além da Reserva Extrativista Chico Mendes. A Praia do Amapá fica a 10 km de Rio Branco, com areias claras e árvores frondosas. Nos meses de julho e agosto acontecem festivais de música e eventos culturais. Rio Branco ainda conta com um centro histórico e um patrimônio arquitetônico e histórico revitalizado, como o Calçadão da Gameleira, a rua Epaminondas Jácome, o Mercado Velho, o Palácio Rio Branco, o Palácio da Justiça, e a Praça da Revolução, entre outros.
De Rio Branco pode-se viajar de carro a Cuzco no Perú pela Rodovia Interoceânica do Pacífico, numa viagem de 740km pela Floresta Amazônica e pela Cordilheira dos Andes a 6000 metros de altitude. No trajeto são vistos índios peruanos em roupas típicas e lhamas.
turismo


Rádio Difusora Acreana Am de Rio Branco ao vivo, a Rádio Difusora Acreana Am transmite futebol, notícias, popular, video mostra Rio Branco da Rádio Difusora Acreana Am.

A Rádio Difusora Acreana de Rio Branco toca música popular, transmite futebol e tem um bom jornalismo com notícias do Acre e do Brasil.
A Difusora Acreana
, A Voz das Selvas, como é conhecida, é um dos meios de comunicação mais importantes no interior do Acre, chegando a todos os municípios e regiões mais isolados do estado.
Mas a alma da emissora não está em Rio Branco e, sim, nos altos do bairro de Sobral, onde se encontram as instalações de dois transmissores e antenas que levam o sinal da Difusora para todo o Acre, Amazônia e até outros países.
Nilda Dantas, que teve sua primeira entrada na Difusora de 1971, hoje é considerada a dama do rádio. A radialista já ganhou vários prêmios de reconhecimento, sendo um dos mais importantes o de Jornalista Amiga da Criança, em Brasília, pela sua luta no combate ao trabalho infantil.
O radialista e empresário Jorge Cardoso que começou na radio em 1967, se orgulha de falar que ela foi a primeira na América do Sul a transmitir a notícia do fim da Segunda Guerra Mundial. Na época, a Difusora ficava ligada direto na BBC de Londres.
Assim que a BBC deu a notícia, a Difusora Acreana a transmitiu para o Brasil.





MISCELÂNEA




MAPA MUSIKCITY